Primeiras impressões final SuperMotocross, Los Angeles CA, por Leandro Silva



As primeiras impressões de Leandro Silva na grande final do SuperMotocross em Los Angeles, Califórnia, foram realmente impactantes. A pista em si impressionou Leandro pelo seu tamanho e desafio. Ele notou que ao vivo, a pista parecia mais apertada do que nas transmissões de televisão, com saltos mais íngremes, recepções inclinadas e paredes mais altas, tornando-o consciente de que o SuperMotocross é verdadeiramente a modalidade em duas rodas mais desafiadora do mundo.

Fotos: @tiagoshowradical

Um dos pilotos que mais chamou a atenção de Leandro foi o jovem Danger Boy Deegan. Ele ficou impressionado com a habilidade de Deegan em “flutuar as válvulas”, pilotando com uma intensidade que lembrou o estilo de Justin Barcia. Leandro observou que Deegan parecia aquecer a moto de forma muito mais agressiva do que outros pilotos, mas enfatizou que essa abordagem fazia parte do seu estilo de pilotagem.

O som das motos também deixou uma marca, com seu barulho extremamente alto, cortes de giro elevados e o cheiro inconfundível da gasolina VP, que é como um perfume para os amantes do esporte.

Leandro Silva também se surpreendeu com a suavidade de Dylan Ferrandis ao pilotar sua Yamaha. Ele notou como Ferrandis mantinha um giro extremamente baixo e curvas rápidas, dando a impressão de que ele não estava acelerando, algo que chamou mais sua atenção do que a suavidade de Ken Roczen.

No entanto, Leandro não deixou de mencionar Jett Lawrence, que, em sua opinião, parecia um pouco afobado na pista, cometendo erros e até caindo enquanto tentava acompanhar as linhas de Chase Sexton.

O press day também viu alguns pilotos sofrerem graves acidentes, incluindo Hunter Lawrence, que encavalou em uma sequência e virou de frente. Esses incidentes foram um lembrete de quão perigoso e desafiador o esporte pode ser.

Uma surpresa agradável foi a presença de James Stewart nas arquibancadas, o que despertou o desejo de Leandro de falar com o lendário piloto. Ele recordou seu encontro com Stewart décadas atrás, quando competia nos EUA, e teve a oportunidade de conversar e tirar uma foto com ele.

Leandro também destacou a empolgação ao visitar os boxes, onde pôde ver os pilotos de perto, as impressionantes estruturas das equipes e conhecer algumas das principais personalidades da mídia especializada do mundo. Ele mencionou que também teve a chance de ver a nova KX 450 de perto, o que certamente foi emocionante para os entusiastas.

Por fim, Leandro observou uma grande diferença no porte físico entre Jett Lawrence e Ken Roczen, notando que Roczen estava muito forte e fibrado, o que acrescentou uma dimensão física intrigante ao evento.

O Coliseum é um local histórico para o Supercross pois afinal o primeiro evento da história do esporte foi realizado aqui, passando pelos seus famosos arcos, e sem dúvidas isso torna esse evento especial, pois além de toda história e tradição existe uma premiação o de 10 milhões de dólares envolvida na jogada! Fiquem colados com a gente e acompanhem tudo aqui no nosso site!

Essa cobertura é um oferecimento de: @husqvarna_motorcycles_br, @focoracing, @edgersracing, @ktmbrasiloficial, @bikeracessorios, @namura_technologies, @americasportsmotocross, @bmpspecialparts, @mxf_motors, @gaia_mx, @aswracing e @timelinebr