Bissinho Zavatti vence etapa e soma 23min30seg na liderança das motos do Sertões 2022

Equipe Honda Racing também mantém segunda posição da classificação geral com o argentino Martin Duplessis e a motocicleta CRF 450RX; Faltam três dias para o final da prova. Foto: Rodrigo Barreto

Bissinho Zavatti venceu a 11ª etapa do Sertões 2022 nesta quarta-feira (7/9) e soma 23min30seg de vantagem na liderança geral das motocicletas. Utilizando a CRF 450RX, a equipe Honda Racing também manteve a segunda colocação da tabela com o argentino Martin Duplessis, a três etapas do final da prova. O percurso do dia, entre Bom Jesus (PI) e Balsas, incluiu 554 quilômetros de desafios, 219 deles de especiais (trechos cronometrados).

“A briga está acirrada e não posso bobear. Imprimi um ritmo muito bom na 11ª etapa e fiquei bastante feliz com a vitória”, afirma o paulista Zavatti. Ele também é o primeiro colocado da categoria Moto 2, na qual busca o tricampeonato. “O dia começou rápido e depois ficou travado, com terreno de piçarra, pedras, trechos sinuosos e muita exigência na planilha. A vitória foi muito importante, estou pronto para a próxima etapa e para continuar construindo o resultado que estou buscando”, continua o piloto, no Sertões pela 10ª vez, de olho no título inédito da geral das motos.

Bissinho Zavatti
Foto: Doni Castilho

Estreante na prova, o vice-líder Duplessis ainda ocupa o primeiro lugar na classificação da Moto 1. “Fui o primeiro a largar e a terminar a especial do dia, então tive cautela para abrir a prova. Estou feliz com a minha corrida, estou em segundo na geral, o que é bom. Vamos trabalhar duro esses três dias para continuar forte até o final, viemos aqui para isso”, diz o argentino.

Martin Duplessis
Foto: Doni Castilho

Outro piloto da Honda Racing que mostra resultados consistentes logo na estreia é o mineiro Gabriel Soares “Tomate”. Ele ocupa a quarta posição na geral das motos, além de ser o vice-líder da Moto 2. “Estou feliz, mais um dia foi concluído e estou seguindo o plano meu e da equipe, que é focar dia a dia. O objetivo maior é concluir a prova e sair saqui um novo piloto. O resultado foi muito bom hoje, fiz terceiro na geral e segundo da categoria Moto 2. Estou cada vez mais à vontade com a velocidade e a navegação. Vamos para cima que está acabando”, lembra Tomate.

Gabriel Soares
Foto: Victor Eleutério

O paulista Jean Azevedo, heptacampeão geral e maior vencedor das motos no Sertões, está em terceiro na Moto 1 e em sexto na classificação geral, também com a CRF 450RX. “Mais uma etapa cumprida e a especial foi diferente, não muito longa, mas bem travada, com bastante pedra, trial e navegação. Fiz um dia tranquilo, como eu tenho feito, porque depois da queda fiquei com uma lesão no ombro. Continuo na prova para ajudar os companheiros que estão liderando, caso haja qualquer necessidade. A meta é garantir a vitória da Honda Racing no final”, explica.

Jean Azevedo
Foto: Vandrei Stefani

Depois de vencer todas as etapas anteriores pela Brasil, Tiago Wernersbach foi o segundo mais rápido do dia na classe. O atual campeão da categoria exclusiva para motos nacionais segue firme na liderança com a Honda CRF 250F. Ele ainda tem posição de destaque na geral, em 12º lugar. “Foi um dia diferente para mim, larguei e uma pedra danificou a minha moto. Fiz boa parte da especial sem freio, o caminho tinha bastante single track, pedra e piçarra, e sem freio traseiro foi bem difícil. Fiz segundo na categoria e sigo na liderança, mas está tudo bem, é difícil mesmo ganhar todas. Estou focado nesses três dias restantes para acabar bem o rally”, finaliza o capixaba.

Tiago Wernesbach
Foto: Doni Castilho

A 12ª etapa da prova, nesta quinta-feira (8/9), começa em Balsas com sentido a Imperatriz, ainda no Maranhão. Serão 406 km de percurso, incluindo 156 de especiais. O trecho é inédito e começa rápido, dentro de pequenas lavouras de soja. Em seguida, entra em região de serra, com muitas subidas e descidas, permanecendo com as mesmas características até o final do dia. 

Com 14 etapas, além da histórica 30ª edição, o Sertões 2022 comemora o bicentenário da independência do Brasil. A disputa teve início em Foz do Iguaçu (PR), no dia 27 de agosto, e será encerrada em Salinópolis (PA), no dia 10 de setembro. O roteiro da prova é formado por 7.202 quilômetros e foi apontado como o maior do mundo em trechos contra o relógio: 4.378 km no total. O Sertões também possui categorias para quadriciclos, UTVs e carros.

A equipe Honda Racing de Rally é patrocinada por Pro Honda, ASW, Alpinestars, Borilli Racing, DID e Seguros Honda.

Resultados 30º Sertões (extraoficiais)

Classificação após 11 etapas (cinco primeiros)

Geral Motos
1 – Bissinho Zavatti #6 – 46:12:22 – Honda CRF 450RX
2 – Martin Duplessis #21 – 46:35:52 – Honda CRF 450RX
3 – Ricardo Martins #4 – 46:38:54
4 – Gabriel Soares #19 – 47:39:24 – Honda CRF 450RX
5 – Tiago Fantozzi #57 – 47:49:13
6 – Jean Azevedo #2 – 48:00:20 – Honda CRF 450RX
12 – Tiago Wernersbach #9 – 54:07:23 – Honda CRF 250F

Moto 1
1 – Martin Duplessis #21 – 46:35:52 – Honda CRF 450RX
2 – Ricardo Martins #4 – 46:38:54
3 – Jean Azevedo #2 – 48:00:20 – Honda CRF 450RX
4 – Richard Fliter #38 – 49:07:53
5 – Marco Antonio Pereira #14 – 49:54:44

Moto 2
1 – Bissinho Zavatti #6 – 46:12:22 – Honda CRF 450RX
2 – Gabriel Soares #19 – 47:39:24 – Honda CRF 450RX
3 – Tiago Fantozzi #57 – 47:49:13
4 – Rafael Milan #16 – 52:29:43
5 – Fabian Von Thuengen #45 – 55:49:04

Brasil
1 – Tiago Wernersbach #9 – 54:07:23 – Honda CRF 250F
2 – Adão Lemos #13 – 62:58:11

Etapa 11 (cinco primeiros)

Geral Motos
1 – Bissinho Zavatti #6 – 02:46:09 – Honda CRF 450RX
2 – Ricardo Martins #4 – 02:46:17
3 – Gabriel Soares #19 – 02:47:58 – Honda CRF 450RX
4 – Martin Duplessis #21 – 02:48:08 – Honda CRF 450RX

5 – Adrien Metge #1 – 02:55:28
9 – Jean Azevedo #2 – 03:04:39 – Honda CRF 450RX
27 – Tiago Wernersbach #9 – 03:41:49 – Honda CRF 250F

Moto 1
1 – Ricardo Martins #4 – 02:46:17
2 – Martin Duplessis #21 – 02:48:08 – Honda CRF 450RX
3 – Adrien Metge #1 – 02:55:28
4 – Richard Fliter #38 – 02:56:21
5 – Jean Azevedo #2 – 03:04:39 – Honda CRF 450RX

Moto 2
1 – Bissinho Zavatti #6 – 02:46:09 – Honda CRF 450RX
2 – Gabriel Soares #19 – 02:47:58 – Honda CRF 450RX
3 – Tiago Fantozi #57 – 02:56:03
4 – Rafael Milan #16 – 03:15:11
5 – Fabian Danziger #47 – 03:28:29

Brasil
1 – Adão Lemos #13 – 03:33:45
2 – Tiago Wernersbach #9 – 03:41:49 – Honda CRF 250F


Confira a roteiro do Sertões 2022:

12ª etapa – 8/9 (quinta-feira)
Balsas (MA) a Imperatriz (MA)
Deslocamento inicial – 12 km   
Especial – 156 km
Deslocamento final – 238 km   
Total do dia: 406 km

A especial inédita começa rápida e dentro de pequenas lavouras de soja. Entra em trecho de serra, com muitas subidas e descidas, e segue com a mesma característica até o final. 

13ª etapa – 9/9 (sexta-feira)
Imperatriz (MA) a Paragominas (PA)
Deslocamento inicial – 35 km
Especial – 358 km
Deslocamento final – 70 km 
Total do dia: 463 km

Boa parte da especial será realizada em uma fazenda. O percurso será um dos mais travados do roteiro, mas dos mais bonitos também. Os primeiros 80 km sobem uma serra travada, misturando plantação de eucalipto com pastagens, e vão exigir muita navegação. Haverá deslocamentos pequenos para travessias de rodovias e pontos de altas velocidades, com passagens por vilas, até chegar no trecho mais travado do dia para acessar o Pará. 

14ª etapa – 10/9 (sábado)
Paragominas (PA) a Salinópolis (PA)
Deslocamento inicial – 2 km   
Especial – 126 km   
Deslocamento final – 226 km 
Total do dia: 354 km

Apesar de ser o último dia, a especial será “de gente grande” e mistura terreno com areia e pedra. Passa por áreas agrícolas e trechos de matas e fica bastante técnica na parte final, que é muito bonita. As equipes de apoio aguardam para comemorar no fim da especial, e todos poderão aproveitar a paisagem paradisíaca no litoral do extremo norte do Brasil.   

TOTAL DO PERCURSO: 7.202 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 4.378 km

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical ?⚡! 

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!