Competindo em casa, Estados Unidos voltam a vencer o Motocross das Nações.

Foto: Tiago Lopes

Em um domingo chuvoso, a multidão norte americana viu o time dos EUA quebrar o jejum de mais de uma década, e vencer o MXON 2022 em casa. O trio formado por Eli Tomac, Chase Sexton e Justin Cooper obteve um excelente aproveitamento para vencer a “Copa do Mundo” do motocross, que mais uma vez contou com a cobertura completa do site Show Radical.

Foto: Tiago Lopes

Logo na primeira bateria do dia, Eli Tomac largou na 2ª posição e não demorou para assumir a liderança. Tomac manteve o controle durante toda a prova, seguido pelo belga Jago Geerts e conquistou assim a vitória norte americana na categoria MX2 + MXGP.

Eli Tomac
Foto: Tiago Lopes

Peça fundamental na conquista norte americana, Justin Cooper teve um desempenho espetacular. O piloto Star Racing Yamaha conquistou a 9ª colocação na categoria, em meio as 450.

Na segunda corrida do dia, Open + MX2, Justin Cooper mais uma vez acelerou forte e conquistou a 4ª colocação, novamente em meio as 450. Chase Sexton também fez sua parte e finalizou em 2º para manter os EUA na briga. A vitória ficou com o australiano Jett Lawrence, que alcançou seu primeiro triunfo a bordo da CRF 450R.

Jett Lawrence
Foto: Tiago Lopes

Na 3ª e última corrida do dia, por alguns momentos os franceses chegaram a ameaçar a conquista norte americana, com Ferrandis e Renaux saindo na frente, Sexton também estava no pelotão, enquanto Tomac buscava se recuperar de uma largada mediana.

Um erro tirou Ferrandis da liderança, deixando seu companheiro Maxime Renaux na ponta até a bandeirada final. Jett Lawrence finalizou na vice liderança, seguido por Chase Sexton, Dylan Ferrandis Jeremy Seewer e Eli Tomac, resultado que confirmou o título da equipe norte americana, França e Austrália completaram o pódio.

Maxime Renaux
Foto: Tiago Lopes

Team Brasil

Após um dia difícil ontem, o Time Brasil retornou a pista nesse domingo para a Final B, com Ramyller Alves e Gabe Gutierres para tentar buscar a classificação. Primeira categoria a entrar na pista, a bateria enfrentou um circuito extremamente pesado, aos poucos os traçados foram se abrindo e os pilotos se encontrando na pista.

Ramyller Alves fez grande prova e finalizou na 3ª colocação, enquanto Gabe Gutierres após um início de prova complicado recuperou posições e finalizou na 17ª colocação, encerrando assim a participação do Brasil em mais uma edição do MXON.

Quem garantiu a classificação na respescagem foi a Venezuela, com a vitória de Lorenzo Locúrcio e a 7ª colocação de Anthony Rodriguez.

Reveja as corridas completas:

Race 1

Race 2

Race 3

Resultados:

A cobertura do site Show Radical no MXoN 2022 em Red Bud nos EUA é um oferecimento das empresas Brasileiras: Mattos Racing, Biker Acessórios, Jarva Racing, KTM Racing, Fokus Fit, 4Win Racing, Quebra Cava, Husqvarna Motorcycles, Borilli Racing, BMP Special Parts, America Sports, IMS Racing, JP Racing, Brasil Racing, Time Line BR, Wide Open e Foco Racing.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical ?⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!