MXF lança nova moto 250 TS/21 nas comemorações dos 140 anos dos motores dois tempos

O inconfundível ruído do motor dois tempos equipa a nova MXF 250 TS, que chega em 2021 com diversas novidades. Foto: Divulgação

O mundo celebra em 2021 os 140 anos do lançamento do primeiro motor comercial dois tempos da história. Criado pelo engenheiro escocês Dugald Clerk, o produto foi patenteado em 1881. Pouco mais de 15 anos depois, a descoberta chegou ao mundo do motociclismo com o designer britânico Alfred Angas Scott, fundador da Scott Motorcycle Company. Ele registrou mais de 50 patentes entre 1897 e 1920 de motores dois tempos destinados às motocicletas. 

O motor é chamado de dois tempos porque executa em apenas um movimento, para cima e para baixo do pistão, o ciclo completo de admissão, compressão, combustão e exaustão. O formato produz mais potência e tem uma entrega mais instantânea. É exatamente por esta razão que os motores dois tempos registram longa história e grandes cases de sucesso, em diferentes tipos de motocicletas. No Brasil foi realizada até uma competição entre marcas que optavam pelo tipo de motor de dois tempos ou de quatro tempos. É fácil encontrar adeptos aos dois tipos, mas, em termos de arrancada, ainda hoje, os motores de dois tempos largam na frente.

Com o passar do tempo houve evolução nesta categoria de motos, com projetos sofisticados e audaciosos, que visam justamente as competições. Algumas fábricas seguem desenvolvendo tecnologia para motores dois tempos, como a curitibana MXF Motors, que em 2018 lançou o seu primeiro modelo de 250 cilindradas com a motorização: a 250 TS. Indicada para uso em trilhas off-road e competições esportivas, como o Enduro FIM, de Regularidade e Hard Enduro, o projeto foi desenvolvido com parceiros comerciais de países como Estados Unidos, Austrália e Rússia.

MODELO 2021

Depois de quase um século e meio desde o lançamento da categoria de motor que equipa a MXF 250 TS, chega ao mercado nacional o modelo 2021 da moto, que se destaca pela alta performance. 

O lançamento, da MXF Motors do Brasil – montadora de motos off-road com sede em Curitiba (PR) – , mantém como grande vantagem sua simplicidade construtiva: possui menos peças móveis, o que se traduz em respostas e aumento de giro mais rápidos, garantindo alta potência. E claro, mantém o  inconfundível ruído do motor de dois tempos. 

A versão 2021 chega, ainda, com melhorias entre seus componentes e acessórios. Entre as atualizações estão nova curva e ponteira do escape, novo conjunto de suspensões, protetor de bengalas BMS Full Racing, novo pinhão com 11 dentes, novo CDI, novo servo motor, novo filtro de ar e flange da admissão. O novo tanque, com maior capacidade (8L), traz mais autonomia

Diferenciais como partida elétrica, farol e LED, válvula de escape eletrônica, painel digital multifunção, ventilador de radiador com termostato, reservatório de expansão do líquido de arrefecimento, protetor de motor e link integrado, são itens que vêm de fábrica na moto MXF 250 TS.

CONFIRA MAIS NOVIDADES DA MXF 250 TS 2021: 

  • Novo CDI – programação para maior desempenho e controle da válvula de escape.
  • Flange na admissão – otimiza admissão da mistura conferindo melhor torque e desempenho.
  • Protetor de bengala BMS FULL RACING – lançamento exclusivo MXF Motors – mais proteção para suspensões dianteiras, mesmo nas situações mais difíceis.
  • Novo conjunto de suspensões totalmente reformuladas – nova genética de laminação, trabalho de redução de atrito interno, novo ajuste de pré- carga da mola, novo óleo hidráulico, novos retentores, novas bronzinas internas, nova mola traseira, dutos internos com novos diâmetros, novos o-rings internos, by-pass nas válvulas dianteiras e traseiras para melhor performance nos terrenos brasileiros.
  • Novo filtro de ar – maior área de filtragem e durabilidade.
  • Novo servo motor revisado e otimizado para melhor desempenho.
  • Novo pinhão com 11 dentes – maior torque para uma pilotagem mais agressiva.

FICHA TÉCNICA DA MXF 250 TS 2021:

Motor: dois tempos refrigerado a água e válvula de controle eletrônico

Quadro: aço cromo molibdênio de alta resistência

Cilindrada: 224 cm

Sistema de Transmissão: secundária corrente, coroa (52D) e pinhão (11D)

Lubrificação: óleo dois tempos sintético

Ignição: CDI

Válvula de escape: eletrônica controlada por CDI

Partida: Elétrica e Pedal

Embreagem: multi-discos banhados a óleo

Suspensão dianteira: câmara dupla fast ace TSE com regulagem de compressão e retorno (310 mm)

Suspensão traseira: fast ace com regulagem de pré-carga, compressão e retorno (300 mm)

Freios (dianteiro/traseiro): hidráulicos, pistão duplo e discos ventilados (260 e 220 mm)

Dimensões: (C x L x A) 2.180 x 830 x 1300 mm

Entre-eixos: 1.490 mm

Altura do assento: 940 mm

Vão livre do solo: 330 mm

Pneu (roda) dianteira: 80/100-21 (1.60-21)

Pneu (roda) traseira: 100/90-18 (2.15-18)

Peso seco: 111 kg

Capacidade do tanque: 8 L

Capacidade de óleo caixa de marcha: 0,80 litros (SAE 10W4)

Capacidade de carga: 150 kg

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡! 

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!