Pilotos do Clube Brasil conquistam medalhas de Ouro, Prata e Bronze no Six Days, na França.

Joaquim Neto, Adriano Ávila e Fernando Juruna representaram o Brasil na disputa por Clubes. Foto: Divulgação

Na semana passada três pilotos brasileiros marcaram presença na competição off road mais antiga do mundo, o Six Days. A competição teve sua 96ª edição realizada na França, com direito a presença de pilotos de todo mundo e especiais duríssimas que foram ficando cada vez mais destruídas com o passar dos dias. Ao longo dos 6 dias de competição os pilotos encararam mais de 1400km, e fecharam o último dia com a disputa no motocross.

Adriano Ávila, o “Tilanga” na categoria C2, Fernando Juruna na categoria C3 e Joaquim Neto na categoria C2 representaram o Brasil na disputa entre “Clubes” e superaram os grandes desafios da edição em busca de seus objetivos.

O Clube contou com toda a experiência de Fernando Juruna e Adriano Tilanga, além da velocidade e garra de Joaquim Neto, piloto recém migrado do motocross que vive grande fase no Enduro e encarou sua primeira competição internacional.

Além das especiais duríssimas, um dos principais desafios da competição é o fato de apenas o piloto ser autorizado a realizar qualquer tipo de reparo em sua motocicleta, ou seja, o piloto precisa ser rápido e ao mesmo tempo pensar em seu equipamento.

A jornada dos pilotos brasileiros foi intensa em uma edição considerada a mais difícil dos últimos anos. O trio apresentou uma crescente bastante positiva e na disputa entre clubes, o Clube Brasil chegou ocupar a 30ª colocação, mas finalizou em 32º, resultado bastante positivo, em uma das provas mais duras do mundo e que deve ser comemorado.

“Uma prova inacreditável, vim para o meu primeiro Six Days em busca de um grande desafio, e o que encontrei aqui foi algo muito maior do que o esperado. Ao todo foram 6 dias de moto em trilhas muito difíceis, somando mais de 1400km, e pra encerrar uma disputa intensa no motocross. Quero agradecer a todos que torceram por mim, a minha família e os apoiadores do Clube Brasil”, disse Tilanga, que conquistou a medalha de bronze na disputa individual.

Adriano Tilanga
Foto: Divulgação

Medalha de ouro pela segunda vez consecutiva, Fernando Juruna mais uma vez trouxe a tão desejada medalha. “O ouro é nosso. Difícil explicar tudo o que passamos nesses dias, uma prova digna da “maior prova de enduro do mundo”, disse Juruna em sua rede social.

Fernando Juruna
Foto: Divulgação

Piloto mais novo da equipe, Joaquim Neto mostrou garra ao longo dos dias de competição e teve que superar problemas mecânicos para seguir em busca de completar sua primeira participação no Six Days. Na disputa do motocross durante o último dia de competição, Joaquim sentiu-se em casa e emplacou a medalha de prata em sua primeira competição internacional.

De volta ao Brasil os pilotos miram a etapa final do Brasileiro de Enduro que acontece em Mairiporã/SP em outubro.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical ?⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!