Primeira etapa do EI 2020 movimenta trilhas em Socorro (SP)

Tunico Maciel Foto: Janjão Santiago

As motos roncaram e a poeira subiu. O Enduro da Independência 2020 começou nesta sexta-feira (4). Os pilotos percorreram as trilhas no percurso na região da cidade de Socorro (SP).

Participam 220 pilotos inscritos em 16 categorias. O EI terá quatro dias de provas, com trajeto partindo de Socorro, passando por Itajubá (MG) e chegando em Caxambu (MG).

Incrível e histórico são algumas das avaliações de pilotos inscritos neste ano. Além disso, eles valorizam os esforços da organização para a competição ocorrer em 2020, na data tradicional, sem alterações.

Reinvenção constante

O jornalista Theo Mascarenhas é uma testemunha da história do EI. Afinal, ele ajudou a organizar a primeira edição, em 1983. O objetivo era recriar a última viagem de Dom Pedro I do Rio de Janeiro até Ouro Preto para articular a independência do Brasil.

E alcançar esta meta exigiu diferentes habilidades dos organizadores e do participantes 37 anos atrás. “Naquela época não tinha as facilidades eletrônicas que existem hoje, celular, GPS. Então a gente ia através de cartas do IGBE, conversando nas fazendas, levantando em livros, tal e recriamos esse trajeto”, disse.

Agora, em 2020, Mascarenhas aprova a evolução e adaptação do EI às necessidades atuais.

“Ao longo desses 38 anos, o enduro vem se reinventando, tenho certeza, para melhor. Descobrindo novos formatos, como esse agora, com distanciamento e segurança social. E também descobrindo novos percursos, novos destinos, como aqui em Socorro. Uma região muito privilegiada pela natureza com serras belíssimas e próximo a Minas Gerais”, analisou.

Expectativas, cuidados e diversão, resumem participantes

O piloto da categoria Elite, Tunico Maciel, vem de uma maratona de corridas. No entanto, isso não diminuiu a vontade dele de ganhar o Enduro da Independência. Pelo contrário, ele quer o troféu que ainda não tem.

“A expectativa é a melhor possível, venho treinando e batalhando para chegar à melhor forma possível. Eu já bati na trave dois anos, 2018 e 2019. Estou com muita sede de ter um bom resultado. Então é focar, trabalhar, fazer uma boa prova, concentrar. E, se Deus quiser, trazer um bom resultado”, comentou.

“Peço para que todos valorizem os organizadores, porque fazer uma prova nessas condições e com essa estrutura é muito difícil. Eu queria agradecer a todos e parabenizar por essa ótima competição”.

Bicampeã da Feminina, Bárbara Neves é embaixadora da prova e ressalta a alegria de poder estar na trilha, após mais de cinco meses de paralisação das competições por conta da pandemia de coronavírus. “Estou muito feliz de voltar a competir e de rever os amigos do Enduro da Independência. A prova começou com trilhas e visuais incríveis, as expectativas são ainda melhores para amanhã”, conclui a goiana.

Bárbara Neves
Foto: Janjão Santiago

Tunico Maciel abriu a disputa da categoria Elite em primeiro lugar, utilizando a motocicleta CRF 250RX. Dário Júlio foi o destaque da classe Brasil e Bárbara Neves, da Feminina. Os dois competem com a CRF 250F, de fabricação nacional. O percurso do dia incluiu 117 quilômetros na região de Socorro (SP), sendo que neste sábado (5/9) os pilotos partem para Itajubá (MG). O roteiro da segunda etapa será o mais longo da competição, com 237 km e mais de oito horas e meia de prova.

Para o mineiro Tunico Maciel, atual campeão brasileiro de Rally Cross Country e bi do Sertões entre as motos, a etapa de abertura foi de adaptação. Ele precisou “virar a chave” do rally para o enduro de regularidade. “Eu tenho focado muito nas provas de rally, então sofri um pouco para me adaptar à navegação e ao estilo de pilotagem do regularidade. De qualquer forma, o dia foi 100%, andei bem e estou muito feliz. Agora vou descansar, porque amanhã tem mais e quero conseguir de novo um bom resultado”, avisa.

Dário Júlio, que possui seis títulos no Enduro da Independência, também já está de olho nos próximos desafios. “Vamos para cima, o objetivo é continuar concentrado em busca da taça da categoria Brasil. A etapa de abertura mostrou muita qualidade, o que nos deixa muito animados para os três próximos dias”, afirma. “A etapa teve médias justas e bastante trilha por lugares fantásticos. A região é muito bonita, repleta de mata e montanhas. A CRF 250F esteve perfeita, só precisei fazer a manutenção básica no fim do dia”, continua o mineiro.

Dário Júlio
Foto: Janjão Santiago

Patrocinado pela Honda, o 38º Enduro da Independência inclui 635 quilômetros de roteiro, percorridos em quatro dias na região da Serra da Mantiqueira. O evento é fechado ao público, devido à pandemia. Depois de Socorro (SP), palco da largada, a caravana do evento segue para Itajubá (MG) e Caxambu (MG), local da chegada na próxima segunda-feira (7/9), Dia da Independência do Brasil.

A equipe Honda Racing de Enduro de Regularidade é patrocinada por Pro Honda, ASW, Michelin, DID, Alpinestars e Seguros Honda.

38º Enduro da Independência
Socorro (SP) a Caxambu (MG)

Resultados – 1ª etapa

Categoria Elite
1º – #11 – Tunico Maciel – 50 pontos
2º – #6 – Emerson Loth “Bombadinho” – 44 pontos
3º – #7 – Guilherme Trancoso Carvalho – 36 pontos

Categoria Brasil
1º – #35 – Dário Júlio – 50 pontos
2º – #34 – Felipe Arantes – 44 pontos
3º – #33 – Alan Muniz – 20 pontos

Categoria Feminina
1º – #173 – Bárbara Neves – 50 pontos

Programação*

5/9 – sábado
2º dia – Socorro (SP) a Itajubá (MG) – 237 km
6h – Largada do primeiro piloto – Parque da Cidade – Socorro (SP)
14h – Chegada do primeiro piloto – Kartódromo de Itajubá (MG)
19h – Resumo do dia e briefing

6/9 – domingo
3º dia – Itajubá (MG) a Caxambu (MG) – 158 km
7h – Largada do primeiro piloto – Kartódromo de Itajubá (MG)
12h – Chegada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)
19h – Resumo do dia e briefing

7/9 – segunda-feira
4º dia – Caxambu (MG) – 123 km
7h – Largada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)
13h – Chegada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)
18h – Premiação – Parque da Cidade – Centro de Convenções de Caxambu (MG)

Total da prova: 635 km

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!