Atual campeão, Avancini reencontra etapa histórica da Copa do Mundo de MTB

Em Nové Mesto, na última temporada, Avancini se tornou o primeiro brasileiro a vencer uma prova de XCO na Copa do Mundo. Foto: Red Bull Content Pool

Grande estratégia, sprint memorável e braço direito erguido na linha de chegada. Em 2020, na etapa de Nové Mesto (CZE), Henrique Avancini entrou para a história do país ao se tornar o primeiro ciclista brasileiro a vencer uma prova de cross-country olímpico na Copa do Mundo. E, nesta semana, o atual campeão retorna à prova pela primeira vez após o título em busca do lugar mais alto do pódio, em disputa válida pela segunda rodada da temporada 2021 da competição.

“É um circuito que eu gosto bastante, as condições climáticas são muito voláteis e a gente pode ter uma situação de chuva, de circuito molhado ou seco. É muito difícil prever e confiar na previsão do tempo aqui. Isso deixa a prova sempre aberta, com muitas possibilidades. Eu acredito que seja possível melhorar um nível em relação aos resultados e performance da semana passada, na Alemanha. É isso que eu vou buscar, dar mais um passo. Cada vez mais disputando os resultados na ponta do pelotão”, comentou Avancini.

Começo da temporada

Na primeira etapa da Copa do Mundo, Avancini ficou em quarto no short track e entre os 10 melhores pilotos na prova de XCO, com um final bastante crescente. De volta à República Tcheca, o brasileiro, além de ter conquistado as provas de XCC e XCO em 2020, sendo esta um título inédito, ele ainda se tornou, por meio dessa dobradinha, o segundo atleta do mundo a conseguir tal façanha na Copa do Mundo, o primeiro foi Mathieu Van der Poel, em 2019.

“A abertura da Copa do Mundo, pra mim, foi um começo sólido, talvez, resultados não tão expressivos quanto o esperado pelas pessoas, mas, muito dentro da minha expectativa pessoal. Foi o meu melhor começo de Copa do Mundo até hoje. Gostaria de ter alcançado resultados um pouquinho melhores, achei que poderia, mas, desempenhei bem em ambas as provas. A gente encontra uma situação de que muitos atletas estão na melhor forma, atletas que brigam pela classificação olímpica, enquanto, alguns, como eu, têm a liberdade de tentar fazer uma programação e preparação a longo prazo para a temporada, pensando, obviamente, em Tóquio”.

Na segunda rodada da Copa do Mundo, o Brasil ainda terá outros importantes nomes na prova masculina, como Ulan Galinski e Luiz Henrique Cocuzzi. Guilherme Muller, da equipe Caloi Henrique Avancini Racing, busca se recuperar da queda que teve na Alemanha para também competir na República Tcheca. Ele e Cocuzzi disputam a segunda vaga do Brasil para Tóquio.

Categoria feminina

Com um desempenho irretocável, a francesa Loana Lecomte faturou a primeira etapa da competição na categoria feminina, deixando para trás as favoritas Pauline Ferrand Prevot e Kate Courtney. Representando o Brasil, Raiza Goulão foi a 74º, enquanto Jaqueline Mourão ficou em 93º lugar. Agora, se preparam visando à etapa de Nové Mesto.

O público brasileiro pode acompanhar todas as emoções por meio da transmissão exclusiva da Red Bull TV, a partir desta sexta-feira, às 12h50 (horário de Brasília), para assistir AO VIVO CLIQUE AQUI.

A disputa do XCO acontece no domingo as 6hr da manhã com a disputa feminina, e as 10hr a disputa masculina.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!