Enduro da Independência 2020 se encerra com “chave de ouro”

Pódio da categoria Elite. Foto: Janjão Santiago

Dário Júlio e Bárbara Neves faturaram mais um título cada do Enduro da Independência, nas categorias Brasil e Feminina, respectivamente. A 38ª edição da tradicional prova off-road de enduro de regularidade terminou nesta segunda-feira (7/9), Dia da Independência do Brasil, em Caxambu (MG). Tunico Maciel ficou com vice-campeonato na Elite.

Ao todo, a competição contou com 635 quilômetros divididos em quatro dias, na região da Serra da Mantiqueira. A disputa teve início em Socorro (SP), passou por Itajubá (SP) até finalizar em Caxambu (MG).

Com a motocicleta CRF 250F, o mineiro Dário Júlio conquistou o sétimo título do Enduro da Independência ao finalizar em primeiro a prova na classe Brasil, exclusiva para modelos de fabricação nacional. “Foi uma edição bastante disputada e estou feliz por mais esse resultado. São mais de 20 anos de participação na competição e celebrar a marca como heptacampeão é muito especial”, conta o mineiro, vencedor das categorias Brasil (2020 e 2018), Over 40 (2017) e Master (2010, 2009, 2008 e 2007).

Dário Júlio
Foto: Janjão Santiago

Tricampeã da categoria Feminina (2020, 2019 e 2018), Bárbara Neves, embaixadora pelo segundo ano consecutivo do Enduro da Independência, aproveitou o momento para ressaltar a experiência do off-road. “É sempre uma grande oportunidade participar dessa prova, que é um evento muito especial na minha vida e carreira. Espero que cada vez mais trilheiros possam se aventurar pela competição, principalmente, mais mulheres”, declara a goiana de 20 anos que também acelerou a CRF 250F.

Bárbara Neves
Foto: Janjão Santiago

Na categoria Elite, Tunico Maciel finalizou o Enduro da Independência 2020 na segunda colocação. O título ficou com Emerson Loth. “Hoje consegui andar bem, venci a etapa, mas não foi suficiente para tirar a diferença de pontos. O dia foi bastante positivo e com mais trilhas. Sei que sou competitivo na modalidade e estou feliz por mais uma participação nesse tradicional evento e confiante para os próximos desafios”, evidencia o piloto de Lavras (MG), atual campeão brasileiro de Rally Cross Country e bi do Sertões entre as motos, que utilizou a CRF 250RX.

Tunico Maciel
Foto: Janjão Santiago

O paranaense Emerson Loth, “Bombadinho”, representante da KTM Brasil, sagrou se campeão pelo segundo ano consecutivo. Ao fim de quatro dias de trilhas entre São Paulo e Minas, o paranaense levou a melhor sobre Tunico Maciel, em um duelo à parte na categoria Elite. O percurso do último dia de prova tinha largada e chegada em Caxambu, encerrando a prova nesta segunda-feira. Ambos somaram a mesma pontuação no dia de hoje, no acumulado, “Bombadinho” chegou aos 181 pontos, 10 a mais do que o mineiro de Lavras e conquistou o título na categoria Elite.

Emerson Loth “Bombadinho



Encarando o desafio de uma forma diferente, Brou Bruto Drews e seu irmão, também concluíram o desafio proposto pela organização do EI. O atleta de Mountain Bike encarou os 4 dias de competições no mesmo percurso das motos e mostrou o Enduro da Independência de uma forma jamais vista antes, através da bicicleta, nas montanhas das Minas Gerais.

Resultados finais de todas as categorias

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!